• A Noite das Garrafadas

No dia 13 de fevereiro de 1831, os portugueses festejavam o regresso da viagem de D. Pedro I a Minas Gerais. Em meio à comemoração, brasileiros descontentes com atitudes do soberano e inconformados com a influência dos portugueses na vida administrativa do País, investiram contra os lusitanos e usaram pedras e garrafas como arma. O autoritarismo do imperador, a restrição à liberdade de imprensa, o fechamento da Assembleia Nacional Constituinte, a outorga da Constituição em 1824 e, por fim, o assassinato de Líbero Badaró, em novembro de 1830, constituíram elementos explosivos para desacreditar D. Pedro. Nos sete capítulos do livro, ordenados de acordo com os sete pecados capitais, Castro estuda os antecedentes e o pano de fundo histórico que culminarão na abdicação do imperador, em 7 de abril de 1831. 

A Noite das Garrafadas

Chico Castro

  • R$ 9,00

  • Sem impostos: R$ 9,00

Compartilhar:

Livraria
Páginas 236 p.
Processor
Autor Chico Castro
Ano 2012