Produtos por marca Conselho
Modelo: Livro
Disponibilidade: 48
R$50,00

Segredos e revelações da História da Brasil tem o gosto do melhor jornalismo de uma época áurea em que os nossos grandes autores contribuíam com suas crônicas para amenizar os fatos dramáticos do noticiário nacional e internacional. Com inteligência, argúcia, conhecimento do assunto, inicialmente a coluna de O Cruzeiro foi assinada pelo polígrafo, historiador e homem público Gustavo Barroso. Falecido Gustavo Barroso, no início de 1960, Pedro Calmon assumiu a redação da coluna semanal naquela revista pertencente aos Diários Associados, a maior cadeia de comunicação da época.

Pedro Calmon (Amargosa, 1902 – Rio de Janeiro, 1985) foi Reitor da antiga Universidade do Brasil (hoje UFRJ), deputado estadual e federal pela Bahia, ministro da Educação do governo Eurico Dutra, membro de várias academias, entre elas a Brasileira de Letras, e, principalmente, autor de numerosa e substantiva obra sobre a História do Brasil. Dele, entre inúmeros outros livros, podemos citar as biografias sobre D. João VI, D. Pedro I e D. Pedro II, Castro Alves e Gregório de Matos. “Foi”, assinala Arno Wheling, presidente do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, “entretanto, mais conhecido pelas grandes sínteses que elaborou: a História da civilização brasileira, a História da Bahia, a História social do Brasil, a História do Brasil na poesia do povo e a História do Brasil, esta em sete volumes”.

De janeiro de 1960 a dezembro de 1961, Pedro Calmon escreveu sobre diversos tópicos da História do Brasil. Desde a Descoberta do Brasil, passando por Tiradentes, a Guerra do Paraguai e até temas mais candentes como a formação da Liga das Nações e as Utopias e a América, Pedro Calmon esgrime com erudição aliada ao estilo límpido fatos extraordinários e, como o próprio nome do livro indica, intrigas e revelações da História da nossa pátria.

Ao fazer o elogio a quem sucedera na redação da página semanal, Pedro Calmon assinalou em Gustavo Barroso o que lhe cabia tão bem: “Não havia pormenor enigmático, acontecimento controvertido, passagem curiosa, personagem bizarro ou fato exemplar, que não lhe sugerisse a investigação cheia de novidade e o comentário leve e oportuno”.

Dividido em quatro volumes, este Segredos e revelações da História da Brasil resgata o prazer da leitura instigante da História do Brasil na pena de dois grandes mestres da historiografia brasileira. Tomo I: 286 págs.; Tomo II: 358 págs.; Tomo III: 372 págs.; Tomo IV: 332 págs.

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado.
Imagem antispam