Produtos por marca Conselho Editorial - CEDIT
Modelo: Livro
Disponibilidade: Em estoque
R$36,00

No primeiro volume, publicado em 1895, Farias Brito (1862-1917) envereda por considerações sobre a moral e a filosofia, assim como analisa as relações entre direito e moral, metafísica e positivismo, a filosofia frente à ciência, poesia, religião, o materialismo e o idealismo, além de outros temas como intuição mecânica ou monismo naturalístico. No segundo tomo, publicado em 1899, faz uma exegese da filosofia dogmática, estuda as origens mesmo da filosofia, discorre sobre o método empírico, o monismo de Spinoza, as teorias de Stuart Mill e Herbert Spencer. Ele próprio assinalou que esta segunda parte dedicaria à filosofia moderna. O grande questionamento de Farias Brito é saber “o que fez o pensamento humano pela filosofia na época que em geral se supõe ter sido a mais fecunda em civilização e cultura, isto é, durante o curso da história moderna?”. No terceiro volume, dado à luz em 1905, Farias Brito analisa as teorias modernas como doutrinas de dissolução, o positivismo, a teoria da evolução, a ideia de eterno retorno de Nietzsche, a concepção monística do mundo, a relatividade do conhecimento, as filosofias de Kant, Comte e a teoria da relatividade do conhecimento como forma moderna de ceticismo. Engrandecem o conjunto da obra, a introdução de João Alfredo Montenegro, a biografia traçada por Antônio Carlos Klein, o ensaio sobre o filósofo feito por Luiz Alberto Cerqueira e Leonardo Ferreira Almada e a cronologia de vida e obra de Farias Brito. 

Livro
Ano de edição 2012
Autor Raimundo de Farias Brito
Quantidade de páginas Três tomos: vol. 1 (268 p.); vol. 2 (318 p.); vol. 3 (359 p.).
PDF
Link PDF https://www2.senado.leg.br/bdsf/handle/id/522626

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado.
Imagem antispam